Os doces franceses, um patrimônio cultural

Seguindo regras e receitas tradicionais, os doces franceses são inigualáveis! Se você já foi a Paris, deve ter ficado maravilhada com as vitrines das famosas pâtisseries. Os produtos são criações de renomados chefs e, se você tiver dúvidas na hora de escolher, vamos contar um pouquinho sobre a composição dos mais famosos e clássicos:
• Éclair: a nossa “bomba”. Feito com uma massa especial bi cozida, recheada com creme e coberta com calda. São inúmeras as opções de sabores;
• Macarons: duas casquinhas crocantes feitas com amêndoas em pó e recheadas com creme;
• Île Flotante: claras em neve cozidas, regadas por um creme de baunilha;
• Fondant au chocolat: conhecido aqui como “petit gâteau”. Bolinho de chocolate meio assado com o interior cremoso;
• Tarte au chocolat e Tarte au citron: torta com massa podre coberta com creme de chocolate ou limão;
• Baba au Rhum: bolo regado com rum e servido com creme de chantilly;
• Millefeuille: ou “mil folhas” é uma massa crocante montada com creme e frutas frescas;
• Tarte Tatin: torta invertida, massa coberta com maçãs caramelizadas. Sobremesa servida quente;
• Crème Brulée: creme aromatizado com baunilha, coberto por uma crosta de açúcar;
• Saint Honoré: base de massa folhada crocante com carolinas recheadas de creme de baunilha e carameladas;
• Mont Blanc: creme de castanhas portuguesas misturadas com leite, açúcar, chocolate e rum;
• Paris-Brest: massa choux e creme com sabor de praliné.
Ainda sem saber o que pedir, baby? Opte por um café gourmand! Normalmente servido como sobremesa, é uma combinação de vários pequenos doces acompanhados por um café!

Deixe uma resposta

avatar
  Se inscrever  
Notificar de