Perder a timidez não é tão difícil assim

Sou tímida, e agora?

Para um relacionamento dar certo, existe uma série de coisas e fatores importantes, e cada pessoa dá mais importância para uns, menos para outros. Mas se há um consenso entre os especialistas hoje em dia (e você já deve ter ouvido falar nisso): a comunicação é a chave – se não dá para ter uma conversa, imagine um relacionamento! E aí, se você for tímida, o desafio é ainda maior…

Não há nada de errado em ser quietinha, mas para se dar bem na paquera e conhecer um amor, é preciso ser confiante e tentar ser um pouquinho mais extrovertida. Ninguém consegue ler a mente de ninguém (pelo menos não até onde sabemos), e é só durante um papo e outro que se descobre quando o contato está ou não fluindo.

Quer uma força para chegar lá?

1º Avalie que tipo de relacionamento você quer no momento: só curtição? Quer algo sério? Está preparada para isso? Como andam o ciúme e a segurança? Saiba o que está buscando e o pelo que está disposta a passar, e isso te deixará muito mais confiante e pronta para falar.

2º Saiba que não vai ser de primeira – é provável que você saia com várias pessoas, e muitas não deem certo. Não perca a chance de treinar com cada um,a té que se torne natural ser extrovertida.

3º Vá para o mundo virtual. Já que a prática leva a perfeição, teste suas habilidades também em chats online e aplicativos de celular. Além disso, te ajuda a quebrar o gelo antes mesmo de um primeiro encontro.

4º Pratique também com espelhos. Faça discursos, treine e desabafe com seu espelho, por mais estranho que possa parecer. Conforme for passando o tempo, você conseguirá levar conversas de uma forma muito mais fácil e automática.

5º Adapte sua personalidade a esse novo jeito de ser. Não se limite aos encontros. Seja extrovertida em casa, no trabalho, com os amigos… Você vai perceber muitaa coisa mudando em sua vida (para melhor!)

Naturalidade

Lembre-se: essas dicas são para que você possa soltar seu lado interior, e não para criar uma máscara. Cada pessoa é diferente, não pense que existem assuntos genéricos que para usar com todos. É para ser interessante, divertido e, acima de tudo, orgânico.

Deixe uma resposta

avatar
  Se inscrever  
Notificar de