Como ficam os relacionamentos em tempos de pandemia?

São duas realidades distintas: aquelas que, à distância, procuram preservar os relacionamentos e aquelas que, com uma convivência obrigatória de 24 horas por dia, tentam não surtar. Qual é o seu caso, sugar baby? Seja qual for, a dura realidade se impõe e o primeiro passo é aceitá-la. É vital reconhecer que o distanciamento ou a convivência imposta são circunstanciais e, de uma forma ou de outra, devemos tentar tirar proveito da situação, ou melhor, como muitos dizem, “transformar a crise em uma oportunidade” de crescimento individual e de aprofundamento das relações. Para aquelas que estão mantendo o isolamento, mas não querem abrir mão do romance, o momento é perfeito para: Escolher a melhor plataforma para o seu perfil de…
19/05/2020

Infeliz consigo mesma? Cinco atitudes que vão mudar o rumo da sua vida

Estamos todas, vivendo em uma fase de distanciamento social e a forma como lidamos com a situação é que vai ditar quem seremos daqui para frente, sugar baby! Fazer do limão uma limonada é clichê, mas nunca foi tão verdadeiro. Pensando exatamente no caminho de prosperidade, que é possível se ter mesmo diante de momentos de crise, Eduardo Volpato, coach, elencou cinco importantes passos para iniciar uma jornada que dará novo fôlego àquelas que querem desenvolver atitudes para mudar positivamente a vida pessoal e profissional, mas que até agora não enxergaram novas possibilidades. São eles: 1 – Quebre o ciclo da insatisfação: quem nunca se perguntou: "Como as coisas chegaram a esse ponto?". Às vezes nos sentimos tão perdidas com…
18/05/2020

Vale mentir para preservar um relacionamento?

Quem nunca mentiu? Quem nunca contou uma mentirinha inofensiva para preservar uma relação? Seja no campo das amizades, dos amores ou no profissional. Confesse, você já mentiu! O problema é que não importa o tamanho, pequenas omissões ou grandes mentiras implicam na quebra de confiança. Em um relacionamento amoroso, se o parceiro não tem a capacidade de ser honesto, o relacionamento enfrentará inúmeras dificuldades. A verdade é que, uma vez dita, a mentira tende a se multiplicar para ser justificada e a desconfiança tomará conta da relação. Quem consegue viver assim? Sempre duvidando das palavras e atitudes daquele que deveria ser, antes de tudo, transparente e verdadeiro? Se o parceiro persistir em seguir mentindo ou omitindo, repense a relação. Atente…
20/04/2020

Por que os relacionamentos terminam, sugar baby

Parecia ser para sempre, mas não durou. Os relacionamentos que chegam ao fim provocam um turbilhão de reflexões a respeito das causas da separação. Inevitável a gente pensar nos erros que cometeu, culpar o outro, aprender com a experiência e buscar justificativas para seguir em frente e fazer melhor. Mas, será que há alguma diferença entre homens e mulheres quando explicam o término da relação? Em busca de respostas, a plataforma MeuPatrocínio, especializada no relacionamento sugar, fez uma pesquisa com os seus usuários e constatou que o motivo mais citado por ambos foi a desonestidade e os segredos. Para 24% dos daddies, as mentiras e a falta de sinceridade abalaram a relação. Para 20,5% das babies, o “erro de pessoa”…
16/04/2020

Não faça sacrifícios inúteis por um relacionamento! Você vai se arrepender!

Aquela paixão finalmente chegou, avassaladora, fazendo você perder o rumo. Sua vida parece girar em torno da pessoa amada e nada mais importa. Quem nunca teve esse sentimento não é mesmo sugar baby? Quem já experimentou sabe o quanto é perigoso esquecer-se de si mesmo e deixar que outro se torne o centro da nossa existência. Se, como os especialistas garantem, a fase da paixão dura de 12 a 48 meses, por que correr o risco de abrir mão de coisas até então importantes para você em nome de um amor? Arrependimento na certa! Existe um limite para os sacrifícios que podemos permitir em um relacionamento. Não temos que fazer nada contra a nossa vontade, mas, talvez, algumas pequenas renúncias…
15/04/2020

A convivência desafia as relações amorosas em tempos de pandemia

O confinamento social aponta algumas situações que nos levam a avaliar questões dentro dessa nova experiência a que estamos expostos, como por exemplo: o convívio confinado. Processo no qual a proximidade e a presença em tempo integral desafiam as relações interpessoais. Segundo a psicanalista Dra. Andréa Ladislau, a convivência afetiva em uma quarentena, submetida ao estresse, ao medo e a incerteza do amanhã, tende a fazer com que nossas insatisfações, angústias e frustrações sejam deslocadas para o outro de forma intuitiva. Além, claro, do estresse econômico que, potencializado, contribui ainda mais para esse desconforto - complicando, assim, a relação conjugal e florescendo aspectos desagradáveis deste convívio. Naturalmente, é o momento em que estamos mais suscetíveis a refletir sobre as nossas…
13/04/2020

Em tempos de coronavírus, o melhor romance é o online

É fato: o número de casos de coronavírus suspeitos e confirmados cresce diariamente. Como fica o romance com tantas restrições de contato físico? Para a segurança de todos, o recomendado é se precaver e manter certo comedimento nas relações, principalmente em relacionamentos amorosos que ainda estão na fase virtual. Se você conseguir manter exclusivamente a relação online por mais um período estará se protegendo de um contato mais próximo com pessoas ainda desconhecidas. Procure saber se o seu crush viajou nos últimos tempos, quais países visitou e, como quem não quer nada, discretamente, questione se está bem de saúde. Há tempo para tudo, mas não agora. Deixe a relação em quarentena até se certificar de que está tudo bem e…
09/04/2020

Como manter viva a sua relação amorosa

É natural, a gente muda com o tempo, emocional e fisicamente. A nossa visão de vida, tal como os relacionamentos, também se transforma. O desafio é manter uma relação com comprometimento e com crescimento constate, viva! Segundo especialistas, algumas atitudes são fundamentais para não deixar o amor se perder no decorrer dos anos: Ter consciência de que você nunca será capaz de mudar o seu parceiro. Ele até pode escolher crescer ou alterar o direcionamento da sua vida, mas por vontade própria! Você precisa aceitar quem ele é, ao invés de demonstrar decepção, desaprovação ou fazer algum tipo de pressão para que mude. Apesar das falhas e imperfeições, você decidiu conviver com isso? Aceite e continue provendo amor e apoio;Não…
12/12/2019

Medo irracional de se apaixonar: você sabe o que é filofobia?

No imaginário romântico, as histórias poderiam ser resumidas em a paixão à primeira vista, a descoberta da pessoa idealizada e uma vida repleta de muito carinho, companheirismo e amor. Mas, você já parou para pensar ou conheceu alguém que não consegue viver um romance que parecia ter tudo para dar certo? Alguém que vive sabotando a relação? Pois saiba que algumas pessoas não conseguem, por mais que tentem, ter êxito na relação a dois. São os filofóbicos, aqueles que sofrem de um temor injustificado e irracional de se apaixonar por alguém. O medo é tão intenso que chega a causar desconforto físico como nervosismo, náusea, falta de ar, mãos trêmulas e até ataques de pânico. De acordo com psicólogos e…
15/11/2019

Que tal dar um “up” na sua relação?

Não é uma receita de sucesso, muito menos uma solução mágica, mas algumas pequenas e grandes atitudes podem ajudar a dar um up no seu relacionamento. Vamos conferir? Desligue o celular: priorize o tempo junto com o seu par! O tempo juntos deve ser de qualidade e nada pior do que um toque de celular para “quebrar o clima”. Descanse: a falta de descanso ou uma noite mal dormida pode influenciar a sua relação. Quando estamos cansados, temos o nosso limite de paciência reduzido. O que é o amor para vocês? Como vocês definem o sentimento que nutrem um pelo outro? Há mais convergências do que divergências? Que tal, a dois, preparar uma relação de pontos positivos e negativos da…
27/09/2019
1 2 3 12