Você é uma pessoa produtiva?

Você consegue ser produtiva a maior parte do tempo ou vive adiando as coisas importantes que tem a fazer? Pesquisas revelaram que temos o hábito de procrastinar porque tememos a tarefa ou não sabemos como cumpri-la. Se for esse o seu caso, aplique os princípios da psicologia japonesa para aprender a fazer o que realmente é essencial e ficar em paz consigo mesma, baby!
O primeiro passo é seguir “a regra dos três”. Antes de começar a trabalhar, identifique as três coisas mais importantes que precisa fazer. Sempre o início do dia, antes de ser sugada pelas atividades que podem não ter caráter prioritário. Nem sempre a sua lista será composta por ações fáceis de cumprir ou por tarefas urgentes, mas, mantenha o foco e tenha disciplina. Construa a sua agenda em torno delas. Se, ao final do dia, você tiver feito as três coisas, você conseguiu! Esta forma de enxergar as suas prioridades fará com que você se liberte da sensação de estar sempre correndo atrás de alguma coisa sem chegar a lugar algum.
O segundo conselho é perguntar a si mesma “o que precisa ser feito?” É um pouco diferente de “o que sinto vontade de fazer?”. A resposta à primeira pergunta centrará os seus esforços naquilo que é importante e nas prioridades que você estabeleceu na “regra dos três”. Isso evitará que sejamos seduzidas por aquilo que gostaríamos de fazer, esquecendo ou deixando de lado o que será necessário fazer. Mesmo que haja desconforto, encare a lista das três prioridades como um propósito.
Por último, não deixe as suas emoções governarem as suas ações. Mantenha a sua atenção concentrada e não permita que nada atrapalhe a consecução dos seus objetivos, nem os seus próprios sentimentos ao desenvolver qualquer atividade. Faça aquilo que é realmente importante e você terá a sensação de que a sua produtividade aumentou!

Deixe uma resposta

avatar
  Se inscrever  
Notificar de