Parte 1 chateaudemarcay 051 claz 2

Vivendo um conto de fadas no Vale do Loire (França) – Parte 1

Hospedagem em castelo e muitos outros sonhos possíveis

Difícil definir a região mais bela e encantadora da França, mas o Vale do Loire certamente é uma delas. Considerado o “Jardim da França”, o “Berço” da língua francesa e declarado Patrimônio Mundial da UNESCO, é composto por várias cidades: Nantes, Angers, Saumur, Le Mans, Tours, Amboise, Blois e Orléans. São locais históricos, com ruas pequenas, edifícios antigos, monumentos arquitetônicos, paisagens campestres lindas e o charme contagiante do interior da França com seus mais de 300 castelos e mil vinícolas.
Os châteaux, castelos e palácios, cujas origens remontam à Guerra dos Cem Anos travada entre franceses e ingleses de 1337 a 1453, surgiram como fortalezas e quartéis-generais. Posteriormente, foram transformados em catelos-moradia pelos nobres que os adquiriram e alguns, atualmente, são luxuosos hotéis que proporcionam uma experiência única e inesquecível.

 

Que tal viver um conto de fadas por uma ou várias noites? Camas de dossel, antigas banheiras, mesas reais, passeios por parques e vinhas? Construído em 1896 e conservando sua alma original, o Château de Verrières (www.chateau-verrieres.com ) está localizado no coração do Vale do Loire, no centro histórico de Saumur, a poucos passos da cidade antiga. No meio de um parque de cinco hectares, o hotel estrelado possui apenas 10 quartos, com decoração difrenciada, romântica e cheia de charme. As diárias variam de 295 (chambre romantique) a 360€ (suítes).

 

Construído sobre as ruínas de uma fortaleza do século XI, o Château de Marçay (www.chateaudemarcay.com) data dos anos 1600 e, desde 1973, é um hotel. Uma ilha de calma e serenidade, próxima a Chinon, com um restaurante gourmet que é referência para descobeta de uma cozinha refinada, elaborada com respeito às estações do ano e produtos. Dos seus 22 apartamentos, com diárias de 195 a 332€, alguns dispõem do seu próprio jardim privativo.
Para chegar ao Vale do Loire, se você estiver entrando na França por Paris, o melhor é alugar um carro e percorrer os 320 km até Saumur por estradas departamentais, percorrendo os pequenos vilarejos com calma. Se a sua opção for o trem, vá com o Intercities, saindo da Gare d’Austerlitz, até Saumur (2h30min). Se o destino for Chinon, não há trem direto. Qualquer que seja a sua opção, não deixe de alugar um carro para poder aproveitar melhor o mundo de sonhos que o Vale do Loire proporciona aos seus visitantes.

0 0
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários