Diamantes

O que você precisa saber sobre diamante, brilhante, prata, ouro e ródio

Muitas querem ter as joias mais bonitas, aquelas que fazem sucesso e reluzem de longe, não é mesmo, sugar baby? Porém, muitas vezes você não sabe qual a diferença de diamante ou brilhante, nem mesmo o que significam os números da prata ou como o ouro é colorido. Vamos explicar!
A ourives Lyssandra Macedo, especialista em joias sustentáveis, revela oito curiosidades que você deveria saber ao encomendar o adereço que pode marcar um relacionamento:
1. Diamante é o nome dado à gema (pedra). Ele tem brilho intenso e excelentes propriedades óticas, é a matéria mais dura que se conhece. ⁠
2. Brilhante é um tipo de lapidação (corte) da gema. Foi desenvolvida especialmente para os diamantes, mas também usada em outras gemas. É composta de 57 ou 58 facetas que foram estudadas para fazer com que toda a luz que entre na gema seja refletida, potencializando o seu brilho. ⁠
3. O ouro 24k (puro) é muito macio para a produção de joia, então para aumentar sua resistência é usada uma liga metálica, que acarretará na mudança de cor.
4. No ouro amarelo e no rosé, a composição é ouro, cobre e prata com proporções diferentes. Já no ouro branco, é ouro e paládio. No ouro vermelho é apenas ouro e cobre.
5. Assim como o ouro, para dar mais resistência é adicionado cobre na composição. E aqueles números, que quase ninguém sabe para que serve, indica o quanto de cobre foi utilizado. Então, quando está escrito 1000 é prata pura, 950 contém apenas 5% de cobre, 925 tem 7,5 do metal vermelho.
6. Os dois metais, cobre e prata, sofrem oxidação em contato com o ar, e no caso do cobre é essa oxidação é muito rápida. Por isso quanto menor a proporção de cobre, mais lenta será a oxidação da joia.
7. As joias são fabricadas com metais nobres (ouro e prata) e pedras preciosas (diamante, rubi, topázio, entre outras). São materiais extremamente complexos e os profissionais devem ter experiência com ferramentas específicas. Além disso, elas demoram para apresentar defeitos e riscos por uso e, quando aparece, é só polir que ela estará novinha.
8. Ródio é um metal descoberto em 1804 e é utilizado para dar acabamento nas joias. O banho de ródio dá brilho e resistência à peça.

Escreva uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *