Exposição de Yoko Ono chega a São Paulo

No último final de semana, o Instituto Tomie Othake, em São Paulo, recebeu uma das mais esperadas exposições do ano, Yoko Ono. Aos 83 anos, a artista continua sendo um dos maiores nomes da arte e do ativismo mundial.

“O céu ainda é azul, você sabe…” é uma mostra que reúne 65 trabalhos entre objetos, filmes, vídeos e instalações que, por meio delas, será possível visitar e revisitar o trabalho da artista desde meados dos anos 1950 até os dias atuais. Essas “instruções” – como são chamadas algumas das obras da artista – invocam a participação do público para ganharem vida. Uma de suas primeiras instruções, intitulada de “Lighting Piece/Peça de Acender” de 1955 pede que o espectador assista um fósforo queimar até que se apague.

John Lennon, claro, está presente no trabalho de Yoko Ono: ele foi codiretor do filme “Estupro”(1969) e assinou a trilha de “Liberdade”(1970). Ainda em filme é possível conferir a icônica performance de Yoko, em 1964, no Carnegie Hall, em Nova York, na qual foi possível para quem estava presente, levar um pedaço da roupa da artista.

Nessa mostra, é possível ver claramente o lado ativista de Yoko Ono. Feminismo, efemeridade e questões sociais são alguns dos temas abordados em sua obra, que também visa questionar os limites da arte e mostrar que ela pode, e deve, ser usada como forma de protesto.

 

Local: Tomie Ohtake

Endereço: Av. Faria Lima, 201 (entrada pela Rua Coropés, 88), Pinheiros, São Paulo

Datas: de 01 de abril até 28 de maio de 2017

Horários: de terça a domingo, das 11h às 20h

Deixe uma resposta

avatar
  Se inscrever  
Notificar de