estilo sugar baby sem sexo como

Confissão: estou há 6 meses sem sexo. E agora?

Sim. É isso mesmo. Desde agosto que não rola nada. Pode parecer estranho uma Sugar Baby ficar tanto tempo sem sexo, não é? Mas não é bem assim. Isso pode acontecer. Fico ligeiramente ressentida com a lingerie super sexy que ainda está com etiqueta. Os lençóis estão todos limpinhos, sem cheiro de suor. E eu não estou feliz com isso. Quero arrancar a roupa de alguém e sentir o corpo esquentar. Agora mesmo. Se eu tentei? Mas é claro. Fiz 3 tentativas recentes que não deram em nada. Quem nunca passou por uma seca braba?

Tentativa #1: Fui para Porto Alegre encontrar um cavalheiro interessantíssimo há uns meses. Papo vai, papo vem, deslizei o número do meu quarto de hotel para o bolso da calça dele de forma sedutora, ele fez um comentário que faria qualquer garota corar, mas ficou por isso mesmo. Dormi sozinha e acordei solitária.

Tentativa #2: No meu aniversário, tinha um amigo dos meus amigos muito meu número. No fim da noite, todo mundo tratou de se despedir para nos deixar sozinhos, sabendo que eu queria uma noite de sexo. Ele me comprou mais uma bebida, enquanto eu resmungava que estava ficando velha – no alto dos meus 25 anos (ele tinha 40). Eu comecei a me sentir um pouco tonta – thanks, tequila! – e ele me disse: “Sei que você não esperava ouvir isso, mas eu estou saindo com alguém e não quero estragar o que tenho. Acho que teremos que ser amigos mesmo.” Pode ter sido o álcool, mas eu o abracei, o parabenizei por ter encontrado alguém e chorei copiosamente. Rs. Ele me consolou, se despediu e me colocou em um táxi. Que feliz aniversário!

Tentativa #3: Um homem que eu já tinha saído algumas vezes, mas nunca tinha rolado nada, me procurou, de repente. As mensagens foram ficando cada vez mais sensuais. Fizemos planos para uma noite e eu tratei de espantar minha amiga que divide o apartamento comigo. No dia marcado, eu já estava cheia de expectativa e, é claro, ele me mandou mensagem super em cima da hora dizendo que não poderia ir. Um bolo.

Já estava meio apavorada quando li na internet a entrevista de uma sexóloga. Ela disse que, em fases de seca assim, não podemos nunca achar que o problema é com a gente. É normal. Às vezes, para de chover na horta. O negócio é não se desesperar e meter os pés pelas mãos por causa da ansiedade. Uma hora, vai aparecer o cara certo. Se isso acontecer com você, garota, fica tranquila. É só uma fase. Depois da secura, vem a enxurrada. 😉    

0 0
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários