depi epila

Epilação e depilação: qual a diferença, sugar baby?

O termo depilação é geralmente utilizado pelas clínicas de estética para descrever todos os métodos de eliminação dos pelos. Porém, o que poucas sabem é que existem duas nomenclaturas que fazem referência ao tipo de extração: mais superficial ou da raiz. Você já sabia, sugar baby? A depilação é a mais superficial e costuma ser realizada por meio de lâminas ou cremes depilatórios. Já a epilação, termo não tão comum, é a retirada pela raiz.

“A principal diferença entre epilação e depilação está basicamente na técnica utilizada para eliminar os pelos do corpo. Procedimentos de epilação vão fazer a retirada dos pelos pela raiz, ou seja, haverá a remoção dos pelos inteiros, incluindo porções do bulbo piloso. Por esse motivo, este método proporciona um maior prolongamento dos efeitos da técnica”, explica Regina Jordão, especialista em depilação à cera. Confira abaixo as principais características do método de epilação:

Cera: um dos tipos mais comuns do mercado, sendo o preferido quando o assunto é eliminação dos pelos. As principais vantagens estão no fato de ser um procedimento sem contraindicações, seguro e que apresenta bons resultados. Geralmente, o pelo demora em torno de 20 a 30 dias para crescer novamente.

Fotodepilação: nesse método, utiliza-se um aparelho de Luz Intensa Pulsada (https://pellomenos.com.br/luz-intensa-pulsada/), que, através da emissão de pulsos de luz com geração de calor, enfraquece os pelos. Os pulsos de luz vão atuar nas células germinativas do pelo, impedindo que eles iniciem a fase de crescimento. Com a fotodepilação, o pelo da área exposta à ação da luz intensa pulsada cairá gradativamente até três semanas seguintes a cada sessão. As mulheres normalmente precisam de cerca de 6 a 10 sessões para alcançar resultados mais satisfatórios.

Laser: o procedimento promove a retirada dos pelos através de disparos de laser que vão aquecer e queimar a raiz do folículo piloso. Estima-se que este método seja capaz de eliminar cerca de 80% dos pelos de forma definitiva. Entretanto, é considerado um método mais agressivo, principalmente se comparado a fotodepilação.

Escreva uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.