preenchedores faciais scaled 1

Por que os preenchedores faciais têm feito tanto sucesso?

Procedimentos não invasivos estão cada vez mais em alta, prova disso é a grande procura por técnicas como a harmonização facial, procedimento queridinho nos consultórios de todo o país. Segundo a Sociedade Americana de Cirurgia Plástica, o número de procedimentos estéticos não invasivos aumentou quase 200% desde o ano 2000.
Mas porque este tipo de procedimento tem feito tanto sucesso, sugar baby? O grande atrativo é o conceito de melhorar a aparência sem a interferência de um bisturi. Quando pensamos em mudança na fisionomia, imediatamente imaginamos uma cirurgia plástica, e nem todo mundo se sente confortável com a ideia, principalmente para fazer uma correção pequena como afinar o nariz, eliminar o bigode chinês ou acentuar as maçãs do rosto.
Além disso, o método, que consiste em injeções de preenchedores como a toxina botulínica e o ácido hialurônico, deixou de ser visto como uma tendência para pessoas mais velhas que querem eliminar rugas, e passou a ser também um modo de manutenção da juventude. “Atendo diariamente muitas pessoas entre 18 e 25 anos, que buscam preservar a aparência que tem agora” comenta o dr. Willian Ortega, especialista em harmonização facial.
Claro que esse ‘boom’ na procura reflete em números. O mercado do botox, já velho conhecido, gerou no ano passado 4,83 bilhões de dólares, e segundo o centro de pesquisa Fortune Business Insights, tem uma previsão de alcançar 7,71 bilhões até 2027. Assim, é seguro dizer que estamos falando de uma tendência que veio para ficar, e que irá fazer cada vez mais adeptos.
Vale ressaltar que para todo procedimento há a medida certa. “O que queremos é realçar o que ele tem de mais bonito, eliminando os aspectos indesejados, como um carocinho no nariz, ou uma mandíbula pouco acentuada”, complementa o especialista.
O importante é ter confiança no profissional escolhido. Quando falamos de procedimentos estéticos, é necessário pesquisar as referências e confirmar se o médico é habilitado para realizar tal procedimento. “Estando em um ambiente seguro, com profissional habilitado e canal de comunicação aberto com o especialista para expressar quaisquer inseguranças, a chance de um resultado negativo é muito pequena”, finaliza.

Escreva uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.