amizade colorida filme lifestyle cultura cinema

6 filmes para 6 tipos de amor

Amor é uma das palavras (e sentimentos) mais buscados nos mecanismos de pesquisas e na vida. A filosofia, ciência e psicologia sempre tentaram dar um significado à palavra; mas, a verdade é que o amor é algo que não se pode explicar.

Para essas variações de amor e de formas de amar, selecionamos seis filmes que mostram essas diferentes formas de viver um sentimento tão avassalador.

 

INSTINTO SELVAGEM – 1992

Um filme passional, sensual e intenso. Que retrata um amor erótico; do tipo de amantes que tem como objetivo satisfazer suas necessidades físicas com seu parceiro. O sexo, sem dúvidas é o que faz a conexão entre os dois ser algo indissolúvel.

AMIZADE COLORIDA – 2011

O filme retrata o que seu próprio título diz, uma amizade colorida entre um homem e uma mulher. O tipo de amor mostrado no filme é aquele que preza pelo divertimento, por fazer amor com o intuito de se divertir. Os “amantes lúdicos” não procuram uma relação estável, e selecionam seu parceiro de acordo com o seu desejo.

HARRY E SALLY: FEITOS UM PARA O OUTRO – 1989

O filme conta a história de Harry e Sally que, ao se mudarem juntos para Nova York se vêem esporadicamente e constroem uma grande amizade. Porém, com o passar dos anos eles percebem que o que sentem um pelo outro vai além da amizade. Esse tipo de amor é aquele que é leal e responsável. Do tipo que se pode sentir por um familiar ou pela pessoa que se decide constituir uma família. Nesse tipo de amor vem primeiro o amor como sentimento e depois o sexo.

PROPOSTA INDECENTE – 1993

Maníaco, obsessivo e louco. Essas são as principais características do tipo de amor retratado no filme Proposta Indecente. Relacionamentos assim são marcados por possessividade e insalubridade; os amantes vêem o amor como meio de satisfazer suas necessidades de um parceiro.

TITANIC – 1997

A forma mais pura de amor é retratada durante a viagem que resultou em um dos maiores desastres ocorridos em alto mar. Altruísmo, fidelidade e generosidade são as palavras chave que descrevem essa forma de amar. Esse amantes valorizam mais agradar ao outro, se doar.

ORGULHO E PRECONCEITO – 2005

O filme baseado em uma obra homônima retrata um tipo de amor que é prático, sincero e franco; sem derivações do sentimento romântico, baseado no realismo pragmático. O amante pragmático, de fato, vê o relacionamento do casal como uma busca mutuamente benéfica. Porém, se muito materialista, pode tornar-se algo tóxico.

0 0
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários