estilo sugar baby daddy relacionamento marylin monroe

Marilyn Monroe foi uma Sugar Baby?

Detentora do título de maior símbolo sexual do século XX, Marilyn Monroe é o tipo de mulher que alcançou o sucesso e merece incontáveis biografias, já que sua trajetória de vida até atingir o sucesso e após conquistá-lo são dignas de inúmeros roteiros de filme e páginas de livros. Seus romances com figurões deram o que falar e movimentaram o mundo no século passado. Uma sugar baby de carteirinha, Marilyn conquistou uma vida recheada de luxo, glamour e muitos diamantes

Revistas e críticos da época não destacavam como principal habilidade da atriz o seu talento. Mas, o que era unânime entre eles era que Marilyn tinha um brilho natural e era extremamente encantadora e, mesmo sem fazer nada, mexia com o imaginário de homens, que a desejavam e mulheres, que se inspiravam nela.

Com uma vida cheia momentos marcantes e escândalos, sua vida privada fez tanto sucesso quanto sua atuação nas telonas. Marilyn Monroe se envolveu com nomes poderosos como Frank Sinatra, Joe DiMaggio, famoso jogador de beisebol da década de 50 e, o mais famoso de todos, o presidente mais querido dos Estados Unidos, John F. Kennedy. Esse relacionamento foi, sem dúvidas um dos que deu mais o que falar; e foi com ele que Marilyn sentiu-se mais próxima de alcançar seu principal sonho: tornar-se primeira dama dos Estados Unidos.

Ambição todos sabemos que Marilyn tinha. Mas o que contribuiu para ela ser a sugar baby mais desejada de toda uma década? É essa a pergunta que sempre nos fazemos e, ao ler suas inúmera biografias, percebemos que sua personalidade e, por incrível que pareça, seu jeito simples e natural de ser era o que mais atraía olhares. Suas atitudes sempre marcantes, contribuíram para que ela tivesse a atenção de todos. Quando se diz sobre atitude marcante, quer-se dizer algo que está bem longe do envolvimento em escândalos e coisas do tipo; é mais uma intenção de ter sua assinatura. No caso de Marilyn foi, por exemplo, a criação de sua marca registrada em parceria com seu maquiador: sobrancelhas arqueadas e escuras, e boca marcante bem vermelha. E quem não se lembra da resposta da atriz quando questionada sobre o que ela usava para dormir? “Cinco gotas de Chanel Nº5!” Assim, aprendemos com o furacão Marilyn que escolher um perfume que traduz bem a personalidade de quem o usa é fundamental. Fugir de fragrâncias mega comerciais é o primeiro passo, já que o ideal é buscar um cheiro único, assim como você!

São atitudes assim que mulheres do tipo de Marilyn fazem vestidos caros aumentarem ainda mais de valor, como foi o caso de seus dois vestidos mais emblemáticos: o que ela cantou parabéns para Kennedy, que foi vendido por mais de 1 milhão de dólares em 1999; e o icônico vestido branco do filme “The Seven Year Itch”, vendido por 3,6 milhões de dólares em 2011.

Se fazer única foi a fórmula de sucesso da atriz. Mesmo não estando em Hollywood, é possível realizar isso e, assim como ela, ser a mais desejada entre as sugar babbies e daqui a algum tempo chegar a ser primeira dama do país ou de uma multinacional. Para isso, basta seguir os passos de Marilyn. Uma ótima pedida para quando se descansa durante esse verão é ler alguma de suas várias biografias enquanto toma um Whisky Sour, principal drink do sucesso “O Pecado Mora ao Lado”, ou um belo Cosmopolitan!

 

0 0
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários