micropigmentaco estilosugar

A promessa do olhar perfeito: cuidados com a micropigmentação

Qualquer procedimento estético hoje exige cuidados, ainda mais quando se trata de algo no rosto. Em 2017, a micropigmentação de sobrancelhas movimentou mais de 250 milhões de reais só no Brasil. Com a popularização da técnica, também cresceram os casos de erros na aplicação feita por profissionais amadores ou mal preparados. “Com isso estamos enfrentando um cenário que pede a reversão da técnica, com a chamada despigmentação a laser”, explica Mariana Queiroz, especialista em micropigmentação e fundadora do Espaço Sobrancelha Desenhada.

De acordo com a rede, houve um aumento de 15% pela procura da técnica com clientes insatisfeitas com o resultado final. “Essa técnica utiliza o laser para separar o pigmento da pele, da mesma maneira que ocorre no processo de remoção de tatuagens. O procedimento faz o próprio organismo, num período de 7 a 14 dias, expelir a tinta e devolver o aspecto original do local. O laser utilizado para separar o pigmento da pele não atinge a raiz da sobrancelha e não faz o pêlo cair, como acontece com o laser de depilação”, fala a especialista.
A principal função do laser, neste caso, é aquecer o local onde o pigmento foi aplicado, procurando diluir por meio do calor toda a pigmentação escura da primeira camada da pele (derme e epiderme).

Para remoção completa da micropigmentação é fundamental esperar de 30 a 45 dias após cada sessão para que o organismo possa reagir ao processo e verificar a necessidade ou não de mais sessões. “A quantidade de sessões necessárias para remover o pigmento depende do tipo de técnica que foi utilizada, há quanto tempo o pigmento está na pele, qual foi o tipo de tinta aplicada e quais os cuidados a pessoa teve nesse período. Geralmente, três sessões são o suficiente, porém, existem casos que precisam de muitas mais”, alerta a profissional.

Renata Rode

0 0
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários