horta

Horta em casa: aprenda como fazer

Você está sentindo falta de sair e do contato com a natureza, sugar baby? Uma dica para diminuir essa sensação é cultivar plantas em casa, a dedicação no cuidado delas poder ser um alento nestes tempos. Uma ideia para começar é uma horta de ervas e temperos, que além de trazer a beleza do verde para dentro de casa, também são especiarias consumíveis que dão sabor e aroma às preparações culinárias. Outra vantagem é que ela pode ser produzida a partir dos alimentos comprados no mercado mesmo.

Onde plantar

Diferente daquilo que muitos acham, não é preciso um quintal com terra ou muito espaço para ter uma horta, é possível plantar em floreiras, vasos, vasos verticais ou até em embalagens recicladas. Veja alguns exemplos abaixo:

Floreiras: a maior vantagem das floreiras é o espaço, que permite hortas compactas para ambientes menores.

Vaso para plantar mais de uma espécie: existem modelos específicos para este fim, facilitando o cultivo de temperos para quem dispõe de pouco espaço.

Horta vertical: uma boa opção para quem mora em apartamento, tem pouco espaço e quer aproveitar as paredes para cultivar uma horta.

O que e como plantar

Como toda e qualquer espécie de planta, cada uma tem sua especificidade de cultivo, e para facilitar o dia a dia dos cuidados, o indicado é que as escolhas sejam por espécies parecidas em regas e quantidade de luz solar. Várias ervas e temperos, comprados no mercado mesmo, podem ser replantados a partir de galhos ou partes específicas. É o caso dessas sugestões abaixo:

    • Alecrim, manjericão, hortelã e erva cidreira: esses alimentos têm processos semelhantes para replantar. Primeiro corte alguns galhos, retire as folhas de baixo e mantenha as de cima. Coloque em um recipiente com água, que deve ser trocada a cada dois dias, e deixe em um local que receba bastante luz solar. Espere algumas semanas, até que as raízes cresçam. Depois é só transferir para um vaso com terra.
    • Cebolinha: corte a parte branca, deixando um pedaço da parte verde. Coloque em um recipiente com água, cobrindo um pouco da parte branca. Troque a água diariamente. Em algumas semanas, a raiz crescerá e aí é só plantar em um vaso.
    • Salsão: replantio do salsão é feito a partir da base, que costuma ser descartada. Corte e coloque em um prato pequeno ou tigela com água, com a base para baixo e o caule para cima, em local ensolarado e umedeça a parte de cima para não ressecar. Depois de uma semana, mais ou menos, folhinhas vão brotar no centro, aí é só transferir essa base para um vaso, cobrindo com terra, com exceção das pontas das folhas.

Mais fácil do que você imaginava, não é, sugar baby? Depois é só se dedicar a cuidar da irrigação e adubação, da necessidade específica de cada espécie, observar a saúde delas e esperar que cresçam para desfrutar de seu aroma e sabor.

 

Fonte: www.japi.com.br

0 0
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários