closet

Sonha em ter o closet das blogueiras? Veja dicas de cores e materiais utilizados

Blogueiras de moda como Thassia Naves e Camila Coelho chamam a atenção não só por seus looks estilosos, mas também pelos lindos e espaçosos armários que possuem em suas casas para guardar cada peça. O tão sonhado ‘closet das blogueiras’ pode ser criado, em diferentes versões e tamanhos, em qualquer casa. Pensando nisso, o marceneiro Érico Tavares, especialista no assunto, dá dicas sobre o que é preciso planejar para ter um lindo armário em casa.
“Um bom closet custa em média de R$30 mil a R$45 mil. Para montar este armário dos sonhos é necessário ter um bom espaço, criatividade para planejar algo que acima de tudo seja útil, e um bom profissional para executar”, aponta Érico. “Para manter a organização é preciso saber projetar e dividir bem os espaços, de acordo com a necessidade. Todo closet precisa ter maleiro, diversas gavetas, sapateira, cabideiros e, claro, prateleiras de acordo com a necessidade do que será guardado no espaço. Um bom espelho dá um charme a mais e ajuda na hora de checar o look e tirar aquela foto.”
Érico revela que não existe um espaço mínimo ou máximo para que o closet seja montado. É preciso levar em conta que no local deve caber um armário e que tenha a possibilidade de circulação de uma pessoa: “Se o espaço tiver menos de 1.20 cm de largura é possível colocar um armário de 60 cm de profundidade em uma parede e deixar mais 60 cm de circulação. Os modelos de closet dependem de cada ambiente, mas os mais pedidos são no formato em L”.
O profissional também revela qual é o material mais usado para os armários: “geralmente usa-se o MDF branco. Primeiro por ser mais barato e a cor branca é para deixar o ambiente visualmente mais limpo e amplo. Não é uma regra. Na hora de escolher a tonalidade é preciso ter certeza do que se quer. A grande vantagem de um closet é poder ter sempre um ambiente com todo espaço bem aproveitado e organizado, além de um armário bonito e durável”.
O marceneiro já recebeu alguns pedidos inusitados, e revela que cabe ao profissional orientar o cliente sobre o que é possível: “Temos que tornar o sonho do closet em algo real, por isso não dá para pensar em coisas muito surreais. Já me pediram gavetas até o teto, cabides no lugar do maleiro, e por aí vai”. Érico relembra: “O maior closet que fiz foi num ambiente de 52 metros quadrados e ficou lindo”.

0 0
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários