constelacao

Entenda o que é Constelação Familiar

Você já deve ter ouvido falar de constelação familiar, sugar baby. Já parou para compreender o que essa terapia significa? Vamos esclarecer! Terapeuta holístico há mais de dez anos, Tuco Gabriel utiliza métodos da Constelação Familiar para ajudar seus pacientes a se libertarem de comportamentos viciosos para, assim, serem capazes de viver relacionamentos mais saudáveis e felizes.
Um de seus principais ensinamentos é não ignorar situações e sentimentos ruins que cruzam nosso caminho, pois são emoções fundamentais para o crescimento pessoal. “Jogar esses sentimentos para debaixo do tapete pode até trazer um alívio imediato, mas um dia vem um vento forte e espalha toda aquela sujeira de volta para nossa vida”, afirma. Por isso, a resiliência é uma grande lição a ser aprendida. “Ao dizer ‘sim’ para esses sentimentos liberamos espaço no coração para que uma ação ou aprendizado possa surgir desse contato. E assim a vida segue se expandindo”, diz o terapeuta.
O que é Constelação Familiar?
A técnica criada pelo alemão Bret Hellinger parte do pressuposto de que a família é o cerne de todas as questões que envolvem os indivíduos. Segundo ele, somos regidos por três princípios: necessidade de pertencimento em relação à família; hierarquia dentro do grupo (todos temos um papel a cumprir) e equilíbrio entre o dar e receber nas relações (como as pessoas criam vínculos entre si).
Para a Constelação, há uma tendência em todos os indivíduos de repetir comportamentos passados de geração a geração dentro da mesma família, ou seja, a maneira de tomar certas decisões e, consequentemente, a forma como nos relacionamos com as pessoas é condicionada.
Os comportamentos e significados herdados a partir dos ancestrais estão presentes em diversos outros aspectos da vida, como na profissão e na relação com o dinheiro, por exemplo, afetando diretamente a vida financeira do indivíduo. Além de sofrimento emocional, esse comportamento carregado de vícios pode causar até doenças físicas.
Quais os benefícios do tratamento?
Investigar a raiz desse problema, como as relações afetivas foram construídas e suas consequências (os conflitos gerados a partir da desordem dos três princípios de Hellinger) é o objetivo da Constelação Familiar: a cura.
Ao se libertar de comportamentos pré-determinados, o indivíduo está realmente apto a tomar suas decisões de forma independente – só que, agora, entendendo seu lugar e suas funções dentro da relação. Os resultados podem ser observados no convívio com a família, com os amigos, no trabalho e no modo do sujeito ver e lidar com o mundo.

Escreva uma resposta ou comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.