meditacao meditar relaxar pensar yoga exercicio

Você acha que não pode meditar?

Nos últimos tempos, muitas pessoas ao nosso redor têm começado a praticar meditação. Mesmo que você não conheça ninguém que esteja praticando, certamente conhece alguém que está pensando em praticar ou falando a respeito do assunto. Algumas pessoas tem usados aplicativos, outras têm optado pelas aulas presenciais ou a ida a eventos para conhecer melhor sobre a técnica.

Essa dose de calma e foco, que a meditação proporciona a seus praticantes, é algo necessário para a vida de todas nós. Muitas de nós cria pequenas paranóias cotidianas na cabeça, sobre o passado, presente ou futuro. A meditação tem chamado a atenção de pessoas que, até então, nunca tinham se prendido com alguma tendência fitness, de vida saudável ou coisas do tipo. Porém, a meditação pode ser a porta de entrada, não para uma tendência, mas sim para uma mudança de estilo de vida, que só traz benefícios.

É importante ter disciplina para fazer com que a prática aconteça em casa. Em muitos dos casos, essa hora de meditação acaba se tornando a de soneca (rs!). Os estúdios de meditação tornaram-se a nova febre, bem como os de yoga há alguns anos. Algumas aulas duram de 45 minutos a 1 hora. Os espaços contam com lugares claros, com luz e áreas abertas, tudo muito confortável.

O mais difícil – e que é o propósito da prática -, é se desconectar; principalmente da sua caixa de entrada cheia e-mail que não foram respondidos. Quando se consegue desconectar definitivamente dos problemas e aflições, tem-se a sensação de que alguém colocou um tipo de feitiço no ambiente, e que todos ali foram afetados pelo mesmo encantamento. A troca de energia é muito grande, e as pessoas acabam entrando em uma mesmo vibração; muito disso deve-se a música de fundo, que nem sempre possui uma melodia, e é mais comum que seja algum “barulho” tranquilizante e repetitivo.

Ao final do estado de elevação, muitos alunos relatam o que sentiram. Alguns dizem que em certos momentos sentiram medo ou vontade de chorar. Os relatos de sinestesia – mistura de sensações diversas entre tato, olfato, paladar e visão – são dados por diversos alunos durante as sessões.

O número de aulas indicadas para que seja possível meditar sozinho varia de aluno para aluno. Mas, no final, qualquer pessoa que esteja disposta a se desconectar e concentrar-se apenas em sua respiração pode obter êxito e, o mais interessante, ver os reflexos da meditação no dia a dia. Como ao receber um email cheio de notícias não muito agradáveis, vinda do trabalho, e levar isso da maneira mais tranquila possível.

0 0
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários